A carta

Todas as cartas de amor são Ridiculas. Não seriam cartas de amor se não fossem Ridiculas...

sábado, outubro 30, 2004

VELHA INFANCIA

Tou a ficar velho !! Longe vão os tempos onde só importava se o amigo estava para brincar, onde nada mais importava a não ser se estava feliz naquele momento, onde comer, dormir e brincar eram as palavras de ordem, onde por mais cansado que chegasse queria sempre mais, onde chegar cheio de lama e terra apenas queria dizer que o dia tinha sido bem passado, mas mais importante que isso tudo onde o amor era apenas um sentimento de uma grande amizade nos olhos de uma pequena criança irrequieta, malandra, brincalhona e ingénua pois não sabia que iria crescer...